DPVAT de motos custa R$ 72,28 a menos; veja quando e onde pagar o seguro e o IPVA

Presidente do Supremo decide manter a redução dos valores do seguro obrigatório

O presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Dias Toffoli, voltou atrás nesta quinta-feira (9) e restabeleceu a redução dos valores do seguro obrigatório DPVAT. Com a medida, proprietários de moto vão pagar R$ 12,30, no lugar dos R$ 84,58 cobrados até a última quarta-feira (8). O seguro DPVAT deve ser pago, uma única vez ao ano, com cota única ou a primeira parcela do IPVA, acompanhando os calendários de cada estado.No estado de São Paulo o calendário de vencimentos do IPVA de 2020 teve início nesta quinta-feira (9), quando acabou o prazo para quitar a primeira parcela ou fazer o pagamento à vista para veículos com placa final 1.

Confira o novo valor do Seguro DPVAT 2020, de acordo com o veículo ​

Tipo de veículoAté 2019Valor em 2020
CarroR$ 16,21R$ 5,23
TáxiR$ 16,21R$ 5,23
ÔnibusR$ 37,90R$ 10,57
Micro-ônibusR$ 25,08R$ 8,11
CiclomotoresR$ 19,65R$ 5,67
MotoR$ 84,58R$ 12,30
CaminhõesR$ 16,77R$ 5,78

Para Rodrigo Ferreira, consultor do SindimotoSP (Sindicato dos Mensageiros Motociclistas, Ciclistas e Mototaxista Intermunicipal do Estado de São Paulo),  a manutenção do DPVAT é uma conquista para a categoria. “Em 2009, o motociclista pagava R$ 398 de seguro. O valor vem caindo e isso é bom para quem, na maioria das vezes, tem poder aquisitivo menor.”Segundo Ferreira, cerca de 70% do valor arrecadado no segurado obrigatório é direcionado para motociclistas. Ferreira afirma que, nos últimos 12 anos, até novembro, mais de 3 milhões de motociclistas ficaram com invalidez permanente e receberam até R$ 13.500 do DPVAT.A Seguradora Líder, responsável pelo seguro obrigatório, diz que, entre janeiro e novembro de 2019, foram pagas 248.231 indenizações por acidentes de trânsito com moto em todo Brasil, sendo 162.259 para motoristas, 24.813 para passageiros e 61.159 para pedestres. 

Devolução

Quem já fez o pagamento com o valor maior terá o dinheiro devolvido, de acordo com a Seguradora Líder. O procedimento para a restituição da diferença aos proprietários de veículos que efetuaram o pagamento nos valores de 2019 será informado pela Líder nesta sexta (10).​A empresa diz que o pagamento garante indenizações para acidentes ocorridos entre 1º de janeiro e 31 de dezembro do ano de exercício. O  seguro para acidentes deve ser quitado até a data de vencimento da cota única do IPVA, em fevereiro.O pagamento dos tributos, além de eventuais multas, é indispensável para fazer o licenciamento anual do veículo, realizado diretamente no Detran-SP.

TIRE SUAS DÚVIDAS SOBRE O PAGAMENTO DO IPVA E DO DPVAT

1 – Até quando dá para pagar o IPVA?

  • É possível pagar o imposto à vista, com desconto de 3%, parcelado em três vezes ou em uma vez só, em fevereiro (para quem perder o prazo) 
  • No estado de São Paulo, o pagamento à vista ou parcelado começa a vencer nesta quinta-feira (9)

VEJA O CALENDÁRIO DE PAGAMENTO DO IPVA NO ESTADO DE SÃO PAULO

Final da placa1ª parcela ou pagamento à vista2ª parcela ou cota única sem desconto3ª parcela
19 de janeiro11 de fevereiro11 de março
210 de janeiro12 de fevereiro12 de março
313 de janeiro13 de fevereiro13 de março
414 de janeiro14 de fevereiro16 de março
515 de janeiro17 de fevereiro17 de março
616 de janeiro18 de fevereiro18 de março
717 de janeiro19 de fevereiro19 de março
820 de janeiro20 de fevereiro20 de março
921 de janeiro21 de fevereiro23 de março
022 de janeiro24 de fevereiro24 de março

2. Até quando devo pagar o DPVAT?

  • Os proprietários devem pagar o  DPVAT de 2020 até as datas de vencimento da cota única ou da primeira parcela do IPVA de cada estado, segundo a Seguradora Líder. 
  • Quem não recolhe o seguro obrigatório fica sem a cobertura em caso de acidente
  • O pagamento dos tributos é indispensável para fazer o licenciamento anual do veículo, realizado diretamente no Detran (departamento de trânsito). 

3 – Onde devo pagar o IPVA?

  • O IPVA pode ser pago na rede bancária autorizada (guichê do caixa, autoatendimento, internet banking, débito agendado) ou nas lotéricas
  • É preciso informar o código Renavam, que está no documento do carro

4 – Como saber o valor que devo pagar pelo IPVA?

  • A consulta ao valor e o pagamento do IPVA podem ser feitos nos canais de atendimento dos bancos
  • Também é possível verificar o valor diretamente no site da Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo  (portal.fazenda.sp.gov.br/servicos/ipva/). Nesse caso, além do Renavam, será necessário informar a placa do veículo

5 – Dá para pagar no cartão de crédito?

  • Sim, é possível realizar o pagamento do IPVA parcelado no cartão de crédito
  • O serviço, porém, tem taxa e juros definidos pela empresa credenciada
  • Informações sobre o parcelamento podem ser obtidas no site: portal.fazenda.sp.gov.br

6. Já posso pagar o licenciamento do carro?

Desde 2 de janeiro de 2020, o contribuinte do estado de São Paulo que desejar também pode optar pelo licenciamento antecipado e realizar o pagamento independentemente do número final da placa do veículo:

  • Em cota única, até o dia 22 de janeiro de 2020, com desconto de 3%
  • Em cota única, até o dia 24 de fevereiro de 2020, sem desconto
  • Até o dia 24 de março de 2020, relativamente ao pagamento da terceira parcela, quando foi feita a opção pelo parcelamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *