Motoboys salvam à população de SP no caos da pandemia criada pelo Coronavírus

Com o decreto publicado ontem (18/3) pela Prefeitura de SP determinando o fechamento do comércio a partir de sexta-feira (20) até o dia 5 de abril, por causa da crise do coronavírus, os motoboys da capital terão papel decisivo e importante para ajudar à população num momento tão difícil. Mais uma vez é a contribuição da categoria, que atua no motofrete, num momento tão conturbado.


De acordo com o prefeito Bruno Covas, apenas padarias, farmácias, restaurantes, lanchonetes, supermercados, postos de gasolina, lojas de conveniência, produtos para animais e feiras livres não serão fechados e terão autorização de funcionamento durante o período de vigor do decreto. 
Com isso, o serviço de entregas rápidas irá crescer, fato que já está acontecendo desde o início do mês. Assim, os motoboys colocam-se à disposição da população em tempos de crises e juntam-se aos heróis da saúde, para ajudar em momento difícil. Com o crescimento da procura, os motoboys teraõ que trabalhar mais e expor-se mais aos riscos.
Com jornadas mais longas e mais entregas para fazer, o SindimotoSP alerta que é preciso estarem atentos as regras de segurança e higiene que estão sendo divulgadas pelos meios de comunicação, como os que relacionamos abaixo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *