Na Semana Nacional de Trânsito motociclistas são alertados sobre segurança no trânsito

Ação fez parte do programa “Respeito à Vida”, que teve mais de mil atividades durante Semana Nacional de Trânsito. Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, SindimotoSP e o Detran aliaram discurso e fortaleceram conjunto de políticas de estado para questão da mobilidade urbana apontando consequências, soluções e demandas para quem anda de motocicleta em SP.

Na Semana Nacional de Trânsito, período que visa conscientizar a sociedade sobre o comportamento seguro em ruas e estradas, a Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo realizou, no dia 25 de setembro, um encontro para conscientização de motociclistas quanto a prevenção de acidentes de trânsito. Presentes no evento estavam Célia Leão (Secretária de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência), Dr. Danilo Stanzani (Secretário da Saúde de São José dos Campos), Dr. Paulo Roberto Falcão Ribeiro (Diretor Presidente do Detran SP), Gilberto Almeida dos Santos (Presidente do SindimotoSP e Febramoto), Rodrigo Silva (Diretor de Projetos Institucionais SinidimotoSP), autoridades, representantes sindicais, especialistas em trânsito, convidados, motociclistas e imprensa.

O evento fzz parte do programa do Governo do Estado de São Paulo “Respeito à Vida” e aconteceu durante todo o período da manhã, com palestras com equipe multiprofissional e interdisciplinar, especializada na área da Medicina de Reabilitação, além de profissionais da Polícia Rodoviária Estadual e Federal e bombeiros do SAMU, além de vídeos educativos sobre trânsito e exposição sobre o cotidiano de quem trabalha com trânsito e mobilidade.

De acordo com a Secretária Célia Leão, “é preciso cuidar das nossas ações e das ações de quem está ao nosso lado e isso acontece quando cada um faz a sua parte”. E finalizou “A vida de vocês não tem preço, nós precisamos de vocês no trânsito, e é por isso que estamos fazendo esse seminário”. Foi anunciado também que, em parceria com a Secretaria, o DETRAN-SP vai criar novos polos de exames para que pessoas com deficiência possam tirar a carteira de habilitação no estado de São Paulo.

 Os motociclistas receberam informações sobre mobilidade urbana e cuidados ligadas à reabilitação.

De acordo com dados do Infosiga SP, sistema de dados para acidentes de trânsito do Governo de São Paulo, as ocorrências com motocicleta são concentradas em vias urbanas e mais da metade dos casos envolvem colisões contra outros veículos. O perfil das vítimas motociclistas é jovem do sexo masculino, com idade entre 18 e 29 anos e condutor do veículo na maioria dos casos.

O programa “Respeito à Vida” promoveu mais de mil iniciativas ao longo da Semana Nacional do Trânsito, que acontece de 18 a 25 de setembro. As ações educativas e de fiscalização foram realizadas por dez secretarias, além de autarquias e municípios conveniados com o programa.

Grande parte dos esforços do Governo de São Paulo na Semana Nacional do Trânsito teve como foco a conscientização da população. Levantamento do Infosiga SP, sistema de dados para acidentes de trânsito do Governo de São Paulo, aponta que 94% dos acidentes fatais são causados por falha humana. Os motociclistas são as maiores vítimas, tanto na questão óbito quanto sequelas pós-acidentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *