Sem grandes mudanças, Honda exibe motos dos irmãos Márquez em evento em Jacarta

Depois da Ducati, chegou a vez de a Honda exibir sua moto para a temporada 2020 da MotoGP. Em um evento em Jacarta, na Indonésia, a marca da asa dourada exibiu pela primeira vez as RC213V que serão pilotadas por Marc e Álex Márquez neste ano. A apresentação também foi transmitida ao vivo pela internet. Campeã da vigente da tríplice coroa da MotoGP, a Honda abre uma nova fase neste ano. Sem Dani Pedrosa e Jorge Lorenzo, que se aposentaram da MotoGP em 2018 e 2019, respectivamente, a montadora japonesa escolheu um estreante para formar par com o hexacampeão Marc: o caçula dos Márquez.

Campeão da Moto2 no ano passado, Álex vai debutar na classe rainha para correr lado a lado com o irmão. Apesar da pressão, o #73 garante estar preparado para o desafio. Em termos de layout, a Honda seguiu o mesmo padrão dos últimos anos e não fez grandes mudanças na pintura da RCV, que segue levando em destaca as cores da Repsol, patrocinadora de longa data da equipe.
“Estamos muito contentes de estar aqui na Indonésia. É importante para a Honda fazer a apresentação aqui, pois sabemos que temos muitos fãs”, disse Marc. “Estamos querendo começar a pré-temporada e, depois, a temporada. A motivação é realmente alta, porque, mais um ano, nós vamos tentar lutar pelo título mundial”, avisou. “2020 será uma temporada difícil como todas”, apostou. “Nossos rivais vão tentar melhorar e nos bater, mas estamos trabalhando muito duro com toda a equipe da HRC para voltar a brigar pelo título. É o objetivo principal, mas 2019 foi muito bom e vamos tentar melhorar em 2020 para chegarmos às últimas corridas brigando pelo título e melhorar nosso nível e rendimento”, completou.

Álex, que participou do shakedown da MotoGP nesta semana em Sepang, não escondeu a emoção por estar em sua primeira apresentação como piloto da MotoGP. “Estou realmente emocionado e feliz de estar aqui nesta apresentação”, disse Álex. “Vir da Moto2 para a Repsol Honda é um prazer e vou tentar dar tudo de mim”, prometeu. “Claro, o meu objetivo é ser o melhor estreante do ano, isso está claro, mas a minha tarefa é ir dia após dia para ser mais competitivo na pista com a MotoGP, conhecer os feelings da moto e melhorar”, apontou. “Quero chegar ao Catar o mais preparado possível. Cada dia será um bom dia para melhorar mais na categoria MotoGP”, concluiu.
Na nova versão da RC213V, o chassi foi modificado em termos de rigidez e equilíbrio, mas segue sendo confeccionado em alumínio. O motor, que no ano passado deu um passo importante, mantém a configuração V4.

Fonte:www.grandepremio.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *