SindimotoSP reúne-se com o 5º Comando da Polícia Rodoviária para tratar sobre as multas aplicadas em rodovias estaduais contra motociclistas

Um ofício encaminhado pelo SindimotoSP para o Comandante Geral da Polícia Rodoviária do Estado de São Paulo Lourival da Silva Junior resultou na reunião presidida pelo Cel Menemilton – Comandante do 5º Batalhão da Polícia Rodoviária do Estado de São Paulo. 

O encontro serviu para sensibilizar à polícia rodoviária em relação as multas que estão sendo aplicadas no chamado “corredor da rodovia” e “por aproximação de veículos” nas Rodovias Raposo Tavares, Airton Sena e Castelo Branco, por entender que o Artigo 56 (proibição de circulação de motos nos corredores) do Código de Trânsito Brasileiro – CTB, que foi vetado pelo então presidente da República Fernando Henrique Cardoso e que o Artigo 192 (guardar distância de veículos) que deve se considerar a velocidade e as condições climáticas do local, permitem o tráfego no corredor.

O Comandante ouviu atentamente o SindimotSP e justificou que essas ações visam a diminuição de mortes nessas rodovias e coibir os excessos cometidos pelos motociclistas. Para comprovar mostrou estatísticas da redução: em 2018 foram 31 mortes e em 2019, devido as ações, registrou-se 19 no mesmo período.

O Comandante Menemilton disse entender a preocupação do sindicato e criará um Grupo de Trabalho com objetivo de buscar mecanismos que diminuam ainda mais os acidentes, como campanhas educativas. Segundo o militar, a intenção da Polícia Rodoviária é educar antes de multar.

Para o Grupo de Trabalho serão convidados a CCE, administradora das rodovias, o DER, órgão do Governo Estadual de São Paulo que fiscaliza as rodovias e demais entidades como Abraciclo e outras.

Presentes na reunião estavam: Ten Cel PM Menemilton, Maj PM Marcel, Cap PM Julio Martins, Ten PM Lima Neto, Gilberto Almeida Santos (presidente do SindimotoSP e Rodrigo Silva (Diretor de Relações Institucionais SindimotoSP).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *