Quarta, 22 de Setembro de 2021 15:20
(11) 5090-2240
14°

Chuvisco

São Paulo - SP

Dólar com.

R$ 5,27

Euro

R$ 6,18

Peso Arg.

R$ 0,05

Destaque Mercado obscuro

Desmanches clandestinos alimentam mercado de motopeças fruto de roubo

Com aumento de vendas de motocicletas para uso no trabalho por entregadores, deslocamento urbano ou simples lazer, também subiu o número de furtos e roubos em todo Brasil

24/08/2021 09h18
Por: Redação Fonte: Jornal A Voz do Motoboy
Divulgação
Divulgação

Para se ter uma ideia da dimensão dessa tremenda dor de cabeça para o proprietário, muitas vezes inclusive vítima de violência, a cada 18 minutos, uma moto é roubada ou furtada no estado de SP, elevando para 4% os registros nos cinco primeiros meses deste ano, na comparação com o ano passado. Por trás destes números, estão pessoas que usavam as motos para o trabalho e agora passam por ainda mais dificuldades. É constante em grupos de whatsapp, participantes pedirem ajuda entre si para recuperarem motos quando não suas, de colegas.

O que se sabe, é que boa parte das motocicletas roubadas ou furtadas tem destino certo: os desmanches clandestinos. Nesses locais, elas são desmontadas e suas peças comercializadas em lojas espalhadas pela cidade, ou em próprios desmanches. Em outubro do ano passado, três grandes desmanches foram fechados na região central da capital paulista após uma operação conjunta entre o Detran-SP, a Polícia Civil e a Subprefeitura da Sé. Foram encontradas cerca de 1.500 motocicletas já cortadas, que seriam comercializadas de maneira ilegal rendendo R$ 1 milhão.

Para coibir esse tipo de ilegalidade, quem souber do funcionamento de desmanches clandestinos pode fazer denúncias à Ouvidoria do Detran-SP ( www.detran.sp.gov.br na área de Atendimento) ou pelo telefone 181 da Secretaria da Segurança Pública.

Mas, se optar em comprar peças em desmanches, certifique-se que eles são credenciados e regulares, que as peças comercializadas tenham etiqueta que contém um número de série único e um QR code. Os materiais são cadastrados pelas empresas no sistema online do Detran de cada estado brasileiro.

Leia também Dicas de como pilotar sua moto com segurança 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.