Quinta, 09 de Dezembro de 2021 10:12
(11) 5090-2240
17°

Céu encoberto

São Paulo - SP

Dólar com.

R$ 5,53

Euro

R$ 6,27

Peso Arg.

R$ 0,05

Motofrete São Paulo 3ª reunião da CPI

CPI dos apps terá reunião com o prefeito de SP

Chefe do Executivo municipal solicitou reunião com vereadores para saber andamento das investigações

09/11/2021 18h18
Por: Redação Fonte: Jornal A Voz do Motoboy
Divulgação CMVSP - internet
Divulgação CMVSP - internet

O prefeito de São Paulo solicitou à CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) dos Aplicativos uma reunião para saber como andam as investigações em relação as empresas que atuam com plataformas tecnológicas no setor de transportes de pessoas e mercadorias na Capital. O encontro deverá ocorrer semana que vem.

O anúncio foi dado hoje (9/11) por Adilson Amadeu, presidente da Comissão, na 3ª reunião que ocorreu na Câmara dos Vereadores,  e ouviu a procuradora do município de São Paulo, Luciana Cecília de Barros Vieira dos Santos, e o auditor fiscal da Secretaria Municipal da Fazenda, Marcelo Tannuri de Oliveira, sobre legislação, questões jurídicas e tributação das empresas de transporte particular individual de passageiros e de transporte de cargas, market place e delivery que atuam na capital.

A procuradora abordou a situação de legislações do município de São Paulo que versam sobre regulamentação, fiscalização e possíveis sanções às empresas de transporte particular individual de passageiros que operam por meio de aplicativos na capital. 

Na sequência, os membros da CPI dos Aplicativos ouviram o auditor fiscal Marcelo Tannuri de Oliveira. Ele esclareceu que o envolvimento da Secretaria Municipal da Fazenda na questão das empresas de transporte individual de passageiros se deu quando o município solicitou uma série de informações e as companhias negaram, alegando que os dados demandados seriam sigilosos. Elas, inclusive, impetraram ações na justiça para não serem obrigadas a cederem tais dados ao município.

O diretor do DTP (Departamento de Transportes Públicos) de São Paulo, Roberto Cimatti, voltou para prestar esclarecimentos sobre o controle de documentação de veículos e condutores vinculados às empresas de transportes investigadas pela Comissão.

Os vereadores, ao concluir o encontro, ressaltaram que as empresas estão negando fornecimento de informações e que irão, por bem ou por mal, entregar o que está sendo solicitado. 

Para saber mais sobre o assunto leia...

Na CPI dos apps, empresa se recusa a fornecer informações e deixa parlamentares indignados

CPI dos Apps amplia investigação para empresas de delivery e ouve secretário-executivo do CMUV

Vereadores da CPI dos Aplicativos votam requerimentos; momentos de tensão marcaram audiência

Empresas de apps voltam a ser investigadas em CPI

Leia também Programa Motofretista Seguro cria rede de proteção e contribui para a segurança do motoboy

 

Você sabia que no Brasil existe uma federação de motociclistas profissionais que luta pelos direitos de motoboys, mototaxistas e ciclistas profissionais em TODO país? Não?

Então clique aqui e conheça o trabalho da FEBRAMOTO.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.