Domingo, 16 de Janeiro de 2022 16:16
(11) 5090-2240
28°

Nuvens esparsas

São Paulo - SP

Dólar com.

R$ 5,53

Euro

R$ 6,31

Peso Arg.

R$ 0,05

Motofrete Brasil Mais motos nas ruas

Produção e venda de motos crescem na pandemia e fecha ano com saldo positivo

“A tendência é que a procura pela motocicleta se mantenha aquecida devido às altas seguidas nos preços dos combustíveis.” Marcos Fermanian.

10/12/2021 16h55
Por: Redação Fonte: Jornal A Voz do Motoboy
Divulgação Honda
Divulgação Honda

O aumento nas vendas foi de 28% em relação ao mesmo período do ano anterior. Alguns motivos contribuíram para isso, como o preço da gasolina, que disparou e hoje, em alguns estados brasileiros, passa dos R$ 7,00. Outras situações como péssimo transporte coletivo, prestações mais acessíveis para compra e desemprego, que levou muitas pessoas para o setor de entregas de delivery, também ajudaram para que mais motocicletas fossem comercializadas.

Porém, mesmo com a produção em alta, ainda não foi motivo suficiente para atender toda a demanda. Em algumas cidades, por exemplo, até os modelos de baixa cilindrada, mais baratos, tem fila de espera. Para se ter uma ideia de como o setor de duas rodas está aquecido, em todo país mais de 924 mil motos foram emplacadas até outubro passado e mais de 875 mil carteiras de habilitação na categoria A foram expedidas no Brasil.

Na avaliação do presidente da Abraciclo, Marcos Fermanian, o setor mantém o ritmo de produção aquecido. “A indústria de motocicletas mostra uma evolução positiva em sua curva de produção ao longo deste ano. Com isso, conseguimos ultrapassar a marca de 1.000.000 de unidades produzidas até outubro”, afirma. “Esse número é ainda mais significativo quando analisamos o contexto do ano, que começou com um primeiro bimestre muito difícil devido a segunda onda da pandemia do coronavírus em Manaus, que comprometeu cerca de 100 mil unidades. Desde então as fabricantes tem imposto um ritmo intenso na produção para atender a demanda”, avalia.

Leia também Detran.SP informa que estão abertas as inscrições para o curso de Mecânica básica de motos, realizado em conjunto com o Centro Paula Souza

 

Você sabia que no Brasil existe uma federação de motociclistas profissionais que luta pelos direitos de motoboys, mototaxistas e ciclistas profissionais em TODO país? Não?

Então clique aqui e conheça o trabalho da FEBRAMOTO.

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.